JESUS E SUA RESSURREIÇÃO

Para compreendermos o detalhe relativo a ressurreição, deveremos acompanhar os fatos desde a entrada de Jesus em Jerusalém, conforme mandamento e profecia.

Êxodo 12:3 Falai a toda a congregação de Israel, dizendo: Aos dez deste mês, cada um tomará para si um cordeiro, segundo a casa dos pais, um cordeiro para cada família. 5 O cordeiro será sem defeito, macho de um ano; podereis tomar um cordeiro ou um cabrito; 6 e o guardareis até ao décimo quarto dia deste mês, e todo o ajuntamento da congregação de Israel o imolará no crepúsculo da tarde.

O cordeiro deveria ficar em observação por 4 dias, antes de ser imolado.Jesus iria cumprir este detalhe, juntamente com a profecia anotada abaixo, entrando em Jerusalém…

Zacarias 9:9 Alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém: eis aí te vem o teu Rei, justo e salvador, humilde, montado em jumento, num jumentinho, cria de jumenta.

Mateus 21:5 Dizei à filha de Sião: Eis aí te vem o teu Rei, humilde, montado em jumento, num jumentinho, cria de animal de carga. 6 Indo os discípulos e tendo feito como Jesus lhes ordenara, 7 trouxeram a jumenta e o jumentinho. Então, puseram em cima deles as suas vestes, e sobre elas Jesus montou.

Quantos dias, realmente Jesus entrou em Jerusalém antes da Páscoa (14 de Nissan)?

João 12:1 Seis dias antes da Páscoa, foi Jesus para Betânia, onde estava Lázaro, a quem ele ressuscitara dentre os mortos. 12 No dia seguinte, a numerosa multidão que viera à festa, tendo ouvido que Jesus estava de caminho para Jerusalém, 13 tomou ramos de palmeiras e saiu ao seu encontro, clamando: Hosana! Bendito o que vem em nome do Senhor e que é Rei de Israel! 14E Jesus, tendo conseguido um jumentinho, montou-o, segundo está escrito.

Jesus entrou em Jerusalém no dia 09 de Nissan (sexta-feira), 5 dias antes, pois no sábado a lei determinava = Exodo 20:10 Mas o sétimo dia é o sábado do Senhor, teu Deus; não farás nenhum trabalho, nem tu, nem o teu filho, nem a tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o forasteiro das tuas portas para dentro.

Deveremos nos lembrar de que ao pör do Sol inicia-se um novo dia em Israel sendo 12 horas seguidas de noite e, após, 12 horas seguidas de dia.

Mateus 28:1 No findar do sábado, ao entrar o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro. 5 Mas o anjo, dirigindo-se às mulheres, disse: Não temais; porque sei que buscais Jesus, que foi crucificado. 6 Ele não está aqui; ressuscitou, como tinha dito. Vinde ver onde ele jazia.

Marcos 16:1 No findar do sábado, ao entrar o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro. 2 E eis que houve um grande terremoto; porque um anjo do Senhor desceu do céu, chegou-se, removeu a pedra e assentou-se sobre ela. 3 O seu aspecto era como um relâmpago, e a sua veste, alva como a neve. 4 E os guardas tremeram espavoridos e ficaram como se estivessem mortos. 5 Mas o anjo, dirigindo-se às mulheres, disse: Não temais; porque sei que buscais Jesus, que foi crucificado. 6 Ele não está aqui; ressuscitou, como tinha dito. Vinde ver onde ele jazia.

Lucas 24:1 Mas, no primeiro dia da semana, alta madrugada, foram elas ao túmulo, levando os aromas que haviam preparado. 2 E encontraram a pedra removida do sepulcro; 3 mas, ao entrarem, não acharam o corpo do Senhor Jesus. 4 Aconteceu que, perplexas a esse respeito, apareceram-lhes dois varões com vestes resplandecentes. 5 Estando elas possuídas de temor, baixando os olhos para o chão, eles lhes falaram: Por que buscais entre os mortos ao que vive? 6 Ele não está aqui, mas ressuscitou. Lembrai-vos de como vos preveniu, estando ainda na Galiléia, 7 quando disse: Importa que o Filho do Homem seja entregue nas mãos de pecadores, e seja crucificado, e ressuscite no terceiro dia.

João 20:1 No primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao sepulcro de madrugada, sendo ainda escuro, e viu que a pedra estava revolvida. 2 Então, correu e foi ter com Simão Pedro e com o outro discípulo, a quem Jesus amava, e disse-lhes: Tiraram do sepulcro o Senhor, e não sabemos onde o puseram. 3 Saiu, pois, Pedro e o outro discípulo e foram ao sepulcro. 4 Ambos corriam juntos, mas o outro discípulo correu mais depressa do que Pedro e chegou primeiro ao sepulcro; 5 e, abaixando-se, viu os lençóis de linho; todavia, não entrou. 6 Então, Simão Pedro, seguindo-o, chegou e entrou no sepulcro. Ele também viu os lençóis, 7 e o lenço que estivera sobre a cabeça de Jesus, e que não estava com os lençóis, mas deixado num lugar à parte. 8 Então, entrou também o outro discípulo, que chegara primeiro ao sepulcro, e viu, e creu. 9 Pois ainda não tinham compreendido a Escritura, que era necessário ressuscitar ele dentre os mortos.

Jesus disse que estaria “no seio da terra” 3 dias e 3 noites, ou seja, sepultado. No término do sábado, ao entrar o primeiro dia da semana, quando foram ao local da sepultura, não mais encontraram o corpo ali, pois havia ressuscitado!.

Como pode Jesus ter estado no túmulo três dias e três noites e ressuscitar ao terceiro dia?

Façamos as contas = Ele foi posto no túmulo em uma quarta-feira (antes do pör-do-Sol). Vinte e quatro horas depois se cumprem justamente antes do pör-do-Sol de quinta-feira, sendo o primeiro dia sepultado. Da mesma forma foi o segundo e terceiros dias. Foram três dias e três noites completos de 24 horas sepultado, saindo antes do Sol se pör do sábado.

Como Jesus poderia ter ressuscitado ao terceiro dia e ao mesmo tempo deixar o túmulo depois de três dias?

Conforme textos acima, Jesus esteve no túmulo três dias e três noites (72 horas). Assim cumprindo este período de tempo, diz-se depois, que Ele havia passado ali três dias. Ele não se levantou antes que os três dias expirassem. Porém, sobrava um tempo de claridade ainda do dia, depois que ele passou o tempo especificado e o crepúsculo terminava, para que fizesse sua saída do túmulo e a fizesse no terceiro dia.

Na Palavra de Deus não existe contradições!!! Devemos entender os fatos à luz das circunstancias em que ocorreram, ou seja, os horários e o calendário Judaico.

 

[1] [2] [3]