Os anjos são seres reais! Às vezes chamados de querubins ou serafins, esses poderosos espíritos ministradores aparecem por toda a história da Bíblia. Muitas vezes eles são vistos protegendo e guiando o povo de Deus, e outras vezes punindo o mal -, mas uma de suas missões mais importantes é a de revelar e explicar as profecias divinas. Você sabia que Deus disse algo especial através de Seus anjos às pessoas do nosso mundo agitado? Em Apocalipse 14, Deus revela algumas mensagens impressionantes dos últimos dias codificadas no simbolismo dos três anjos voando. Tão significativas são essas mensagens, que, quando forem concluídas, Jesus retorna! Este guia vai lhe dar uma visão geral sobre o assunto, e os próximos guias de estudo irão apresentar outros detalhes incríveis dessa mensagem especial que Deus nos envia.

1. Por que estamos estudando o livro de Apocalipse? Acaso ele não está selado?

Resposta: Há seis razões cruciais para o estudo Apocalipse:

A. Ele nunca foi selado (Apocalipse 22:10). A milenar controvérsia entre Cristo e Satanás, além das estratégias e planos tortuosos do diabo nos últimos dias, estão expostos no Apocalipse. Satanás não pode enganar facilmente as pessoas que estão antecipadamente conscientes de seus enganos, por isso ele espera que as pessoas acreditem que o livro do Apocalipse está selado.

B. O próprio nome “Apocalipse” significa “revelação”, “abertura”, – completamente o oposto de ser algo selado. Ele sempre esteve aberto.

C. O Apocalipse é o livro de Jesus de uma forma única. Ele começa assim: “Revelação de Jesus Cristo.” Ele ainda fornece uma descrição dEle em Apocalipse 1:13-16. Nenhum outro livro da Bíblia revela Jesus, as Suas últimas instruções e os planos para a Sua obra e seu povo, como o Apocalipse.

D. O livro de Apocalipse foi escrito principalmente para as pessoas dos nossos dias – que vivem pouco antes da volta de Jesus (Apocalipse 1:1-3; 3:11, 22:06, 7, 12, 20).

E. Uma bênção especial é pronunciada sobre aqueles que lêem Apocalipse e acatam os seus conselhos (Apocalipse 1:3, 22:7).

F. Olivro de Apocalipse descreve o povo e a igreja de Deus do fim dos tempos com uma espantosa clareza. Ele faz a Bíblia ganhar vida quando você vê os acontecimentos dos últimos dias descritos em Apocalipse ocorrendo. Ele também diz precisamente o que a igreja de Deus deve estar pregando nos últimos dias (Apocalipse 14:6-14). Este Guia de Estudo irá apresentar uma dessas mensagens para que você possa reconhecê-la quando a escutar.

Nota: Antes de prosseguir, por favor, abra sua Bíblia e leia Apocalipse 14:6-14.

2. Deus comissionou a Sua Igreja para levar o evangelho a toda criatura (Marcos 16:15). Como é que Ele simboliza essa obra sagrada em Apocalipse?

“E vi outro anjo voar pelo meio do céu, e tinha o evangelho eterno, para o proclamar…E outro anjo seguiu, dizendo…E seguiu-os o terceiro anjo, dizendo com grande voz…” (Apocalipse 14: 6-9).

Resposta: A palavra “anjo” literalmente significa “mensageiro”, por isso, é apropriado que Deus use três anjos para simbolizar a pregação de Sua tríplice mensagem do evangelho para os últimos dias. Deus usa o simbolismo de anjos para nos lembrar que o poder sobrenatural vai acompanhar as mensagens.

3. Quais os dois pontos cruciais que Apocalipse 14:6 revela sobre a mensagem de Deus para os últimos dias?

“E vi outro anjo voar pelo meio do céu, e tinha o evangelho eterno, para o proclamar aos que habitam sobre a terra, e a toda a nação, e tribo, e língua, e povo.” (Apocalipse 14:6).

Resposta: Os dois pontos cruciais são: (1) que se trata do “evangelho eterno”, e (2) que deve ser pregado a todas as pessoas na terra. As mensagens dos três anjos enfatizam o evangelho, o qual deixa claro que as pessoas são salvas pela fé e aceitação de Jesus Cristo (Atos 4:12, Marcos 10:26, 27). Como não existe nenhum outro meio de salvação, é uma obra diabólica declarar que há outro caminho.

Enganos de Satanás

Embora sejam muitos os enganos de Satanás, dois são muito eficazes:

(1) a salvação pelas obras e (2) a salvação no pecado. Estes dois enganos são descobertos e revelados nas mensagens dos três anjos. Muitos, sem perceber, adotaram um desses dois erros e estão tentando construir a sua salvação em cima deles – um feito absolutamente impossível.

4. Quais são os quatro pontos distintos que a mensagem do primeiro anjo cobre?

“Dizendo com grande voz: Temam a Deus e glorifiquem-no, pois chegou a hora do seu juízo. Adorem aquele que fez os céus, a terra, o mar e as fontes das águas”. (Apocalipse 14:7).

Resposta:

A. Temam a Deus. Isso significa que devemos reverenciar a Deus e olhar para Ele com amor, confiança e respeito – ansiosos por fazer Sua vontade. Isto nos guarda do mal. ”pelo temor do SENHOR os homens se desviam do pecado.” (Provérbios 16:6). Salomão, o sábio, também disse: “Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo o homem.” (Eclesiastes 12:13).

B. Glorifiquem a Deus. Nós cumprimos esse mandamento quando obedecemos, louvamos e agradecemos a Deus por Sua bondade para conosco. Um dos grandes pecados dos últimos dias é a ingratidão (2 Timóteo 3:1, 2).

C. Chegou a hora do Seu juízo. Isso indica que todos são responsáveis ​​perante Deus, e isso é uma declaração clara de que o juízo está em sessão.

D. Adorem o Criador. Este mandamento rejeita a idolatria de todos os tipos – incluindo a adoração a si mesmo – e repudia totalmente a evolução, a qual nega que Deus é o Criador e Redentor. (Muitos livros e programas de rádio de hoje em dia enfatizam o valor do eu e da auto-estima, que conduzem à auto-adoração. A auto-estima do cristão reside em Cristo, que faz com que seus filhos sejam filhos e filhas do rei do Céu.

O evangelho inclui a criação e redenção do mundo pelo Senhor Deus dos céus. Adorar o Criador inclui adorá-Lo no dia em que Ele separou como memorial da Criação (o sábado do sétimo dia). Que a referência, em Apocalipse 14:7 é em relação ao sábado é aclarada pelo fato de que as palavras “fez o céu e a terra, e o mar” foram extraídas diretamente do mandamento do sábado em (Êxodo 20:11) e usadas ​​aqui. Nossas verdadeiras raízes são encontradas somente em Deus, que no princípio nos fez à Sua imagem. Aqueles que não adoram a Deus como Criador – não importa o que mais eles possam adorar – nunca podem descobrir suas verdadeiras raízes.

5. Que declaração solene que o segundo anjo faz sobre a Babilônia? O que o anjo de Apocalipse 18 ordena o povo de Deus fazer?

“E outro anjo seguiu, dizendo: Caiu, caiu babilônia” (Apocalipse 14:8). “vi descer do céu outro anjo… E clamou fortemente com grande voz, dizendo: Caiu, caiu a grande babilônia … E ouvi outra voz do céu, que dizia: Sai dela, povo meu” (Apocalipse 18:1-4).

Resposta: O segundo anjo solenemente declara que “Babilônia é caída”, e a voz do céu, insta a todo o povo de Deus para sair de Babilônia, ao mesmo tempo. A menos que você saiba o que é a Babilônia, você pode facilmente acabar nela. Pense sobre isso. Você poderia estar na Babilônia agora?

6. Sobre o que nos adverte solenemente a mensagem do terceiro anjo?

“E seguiu-os o terceiro anjo, dizendo com grande voz: Se alguém adorar a besta, e a sua imagem, e receber o sinal na sua testa, ou na sua mão, Também este beberá do vinho da ira de Deus” (Apocalipse 14:9-10).

Resposta: A mensagem do terceiro anjo adverte às pessoas para que não adorem a besta e a sua imagem e não recebam a sua marca em suas testas ou mãos. O primeiro anjo ordena verdadeira adoração. O terceiro anjo fala das terríveis consequências relacionadas com a falsa adoração. Você sabe ao certo quem é a besta? E o que é sua marca? A menos que você saiba positivamente quem é a besta e qual a sua marca, você pode acabar adorando a besta sem se dar conta.

7. Que quatro elementos descritivos Deus apresenta em Apocalipse 14:12 a respeito de Seu povo que aceita e segue as mensagens dos três anjos?

“Aqui está a paciência dos santos; aqui estão os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus.” (Apocalipse 14:12).

Resposta:

A. São pacientes, perseverantes e fiéis até o fim – uma grande tarefa para a geração do “faça agora”. O povo de Deus dá testemunho através de sua paciência e conduta amorosa.

B. Eles são santos, ou santificados, porque eles estão totalmente do lado de Deus.

C. Eles guardam os mandamentos de Deus. Esse povo de Deus obedece com alegria aos Seus Dez Mandamentos e todos os outros mandamentos que Ele lhes deu. Seu principal objetivo é agradar Aquele a quem amam (1 João 3:22). (O Guia de Estudo número 6 fornece mais informações sobre os Dez Mandamentos).

D. Eles têm a fé de Jesus. Isso também pode ser traduzido como “fé em Jesus.” Em qualquer caso, o povo de Deus segue plenamente a Jesus e confia plenamente Nele.

8. O que acontece imediatamente após o ensino da mensagens dos três anjos a todos os povos?

“Olhei, e diante de mim estava uma nuvem branca e, assentado sobre a nuvem, alguém “semelhante a um filho de homem”. Ele estava com uma coroa de ouro na cabeça e uma foice afiada na mão.” (Apocalipse 14:14)

Resposta: Imediatamente após o ensino das mensagens dos três anjos a cada pessoa, Jesus voltará nas nuvens (Seu segundo advento) para levar Seu povo para o seu lar celestial. Com sua aparição começa o grande milênio de Apocalipse 20. (O Guia de Estudo 12 dá mais informações sobre o milênio. E o Guia de Estudo 8 apresenta os detalhes da segunda vinda de Jesus).

9. Em 2 Pedro 1:12, o apóstolo fala da “verdade presente”. O que ele quer dizer com isso?

Resposta: A verdade presente é um aspecto do evangelho eterno que tem particular urgência durante um determinado tempo. Exemplos:

A. A mensagem de Noé acerca do dilúvio (Gênesis 6 e 7; 2 Pedro 2:5). Noé era um pregador da justiça. Ele ensinou sobre o amor de Deus, como também alertou a respeito de uma inundação vindoura que destruiria o mundo. A mensagem do dilúvio era a “verdade presente” para a época. O seu apelo urgente era “entrem na arca.” E era tão importante que teria sido imoral não pregá-lo.

B. A Mensagem de Jonas a Nínive (Jonas 3:4). A “Verdade Presente” de Jonas era que Nínive seria destruída em 40 dias. Jonas também exaltou o Salvador, e a cidade se arrependeu. Omitir, no entanto, o aviso dos 40 dias teria sido imperdoável. Era a verdade presente, que se encaixava aquele momento de forma especial.

C. A mensagem de João Batista (Mateus 3:1-3, Lucas 1:17). A “verdade presente” de João era que Jesus, o Messias, estava prestes a aparecer. Seu trabalho era apresentar o evangelho e preparar as pessoas para a primeira vinda de Jesus. Omitir este elemento do evangelho a respeito da primeira vinda seria impensável.

D. As três mensagens angélicas (Apocalipse 14:6-14). A “Verdade presente” de Deus para hoje está contida nas mensagens dos três anjos. Obviamente, a salvação através de Jesus Cristo somente, é o ponto central dessas mensagens. No entanto, a “verdade presente” dos três anjos também tem sido dada para preparar as pessoas para a segunda vinda de Jesus e para abrir os olhos delas para os geniais e altamente convincentes enganos de Satanás. A menos que as pessoas entendam estas mensagens, Satanás certamente irá enganá-las e destruí-las. Jesus sabia que precisaríamos dessas três mensagens especiais dadas amorosamente. Elas não devem ser omitidas. Por favor, orem com seriedade quando você examiná-las ponto por ponto, nos próximos oito Guias de Estudo.

Algumas de suas descobertas podem ser surpreendentes. Seu coração vai ser tremendamente agitado. Você vai sentir Jesus falando com você! Afinal, elas são Suas mensagens.

10. Quem viria para dar uma mensagem da “verdade presente”, antes do grande dia do Senhor?

“Vejam, eu enviarei a vocês o profeta Elias antes do grande e terrível dia do Senhor.” (Malaquias 4:5)

Resposta: Elias, o profeta. Há algo significativo sobre Elias e sua mensagem, como veremos nas próximas perguntas.

11. O que fez Elias para que o Senhor o tomasse como exemplo?

Nota: Por favor, abra sua Bíblia e leia atentamente 1 Reis 18:17-40 antes de responder esta pergunta.

Resposta: Elias exortou o povo a decidirem a quem eles iriam servir (verso 21). A nação era quase totalmente idólatra. As pessoas tinham abandonado o verdadeiro Deus e Seus mandamentos. Havia um profeta de Deus, Elias, e 450 profetas pagãos de Baal (versículo 22). Elias sugeriu que ele e os idólatras construissem um altar cada um e colocassem lenha e um touro sobre elas. Ele então sugeriu que eles pedissem ao verdadeiro Deus para revelar-se ateando fogo ao seu altar. O deus pagão não respondeu, mas o verdadeiro Deus de Elias enviou fogo do céu e queimou o sacrifício de Elias.

A Mensagem exigia uma decisão

A mensagem de Elias veio em um momento de profunda crise espiritual e apostasia nacional. Ela veio com grande poder do céu que parou as atividades diárias e atraiu a atenção nacional. Elias, em seguida, insistiu que as pessoas decidissem a quem servir, Deus ou Baal. Profundamente comovido e plenamente convencido, o povo escolheu Deus (v. 39).

12. A mensagem de Elias tinha uma aplicação dupla. Aplicava-se a uma “verdade presente” que tinha o objetivo de preparar as pessoas para o primeiro advento de Jesus, e esta mesma mensagem também procurava preparar as pessoas para o segundo advento de Cristo. Quem Jesus disse que pregaria a mensagem de Elias para preparar o povo para o Seu primeiro advento?

“…não surgiu ninguém maior do que João Batista”. “E se vocês quiserem aceitar, este é o Elias que havia de vir.” ( Mateus 11:11, 14)

Resposta: Jesus disse que a pregação de João Batista para preparar o povo para o Seu primeiro advento, foi a mensagem de Elias. A mensagem de João, como nos dias de Elias, proclamou a verdade de forma clara e, em seguida, insistiu em uma decisão. A Bíblia diz que João Batista “, iria diante dele no espírito e poder de Elias” (Lc 1:17).

13. Como sabemos que a profecia tem uma segunda aplicação para o nosso tempo um pouco antes da segunda vinda de Jesus?

“Vejam, eu enviarei a vocês o profeta Elias antes do grande e terrível dia do Senhor.” (Malaquias 4:5) O sol se tornará em trevas, e a lua em sangue; antes que venha o grande e terrível dia do Senhor.” (Joel 2:31)

Resposta: Por favor note que dois eventos ocorrerão antes da vinda do “grande e terrível dia do Senhor” mencionado em Joel 2:31. Primeiro, a vinda de Elias. E segundo, os tremendos sinais nos céus. Isso nos ajuda a localizar os dois eventos. O dia escuro ocorreu em 19 maio de 1780. Naquela mesma noite, a lua apareceu como sangue. Mateus 24:29 inclui mais um sinal – a queda das estrelas, que teve lugar em 13 de novembro de 1833. A partir disso, sabemos que a mensagem de Elias do fim dos tempos devia começar algum tempo próximo ou após 1833 – antes da vinda do grande dia do Senhor.

A segunda mensagem de Elias, após os sinais nos céus

É óbvio que a “mensagem de Elias”, proclamada por João Batista não se aplica à segunda “mensagem de Elias”, porque os grandes sinais de Deus no céu, apareceram mais de 1.700 anos depois que João pregou sua mensagem. A mensagem de Elias de Joel 2:31 tinha que começar após os sinais do céu em 1833 e devia preparar as pessoas para a segunda vinda de Jesus. A tripla mensagem da “verdade presente” de Apocalipse 14:6-14 se encaixa perfeitamente aqui. Começou por volta de 1844 e está preparando as pessoas no mundo inteiro para a segunda vinda de Jesus (versículo 14), que terá lugar após a tríplice mensagem atingir cada pessoa na Terra. (Para mais detalhes sobre a data de 1844 consulte os Guias de Estudo 18 e 19).

A Mensagem exige uma decisão

Elias insistiu que o mal fosse afrontado e que todos deveriam decidir a quem servir. Assim é com a tríplice mensagem de Deus para nós hoje. A decisão deve ser tomada. A tríplice mensagem de Deus desmascara Satanás e seus planos. Ela revela claramente o amor de Deus e Seus requisitos. Deus está chamando as pessoas de hoje de volta à verdadeira adoração – adoração à Deus somente. Servir e adorar conscientemente qualquer pessoa ou qualquer outra coisa neste momento chave da história nos levará a deslealdade e resultará em morte eterna. Deus milagrosamente tocou o coração do povo nos dias de Elias (1 Reis 18:37, 39) e nos dias de João Batista. Ele vai fazer o mesmo nestes últimos dias quando as pessoas respondem às mensagens dos três anjos (Apocalipse 18:1).

14. Que outras bênçãos maravilhosas a pregação de Elias (ou a mensagem dos três anjos) trará?

“…Elias…fará com que os corações dos pais se voltem para seus filhos, e os corações dos filhos para seus pais” (Malaquias 4:5, 6)

Resposta: Louvado seja o Senhor! A Mensagem de Elias ou a mensagem dos três anjos, atrairá os membros da família para um relacionamento celestial de amor e alegria. Que promessa bendita!

15. A palavra “evangelho” significa “boa notícia”. As mensagens dos três anjos de Apocalipse capítulo 14 fornecem uma boa notícia?

Resposta: Sim, de fato! Vamos rever as boas notícias que tenho encontrado neste panorama da mensagens dos três anjos:

A. Todos terão a oportunidade de ouvir e compreender o evangelho dos últimos dias. Nenhuma pessoa será esquecida.

B. O planos brilhantes e poderosos do diabo, para enganar e destruir as pessoas, nos serão revelados, assim não precisamos ser enganados.

C. O poder sobrenatural do céu vai acompanhar a pregação da mensagem de Deus nos últimos dias.

D. O povo de Deus vai ser paciente. Ele os chama de “santos”.

E. O povo de Deus terá a fé de Jesus.

F. O povo de Deus obedecerá aos Seus mandamentos por amor.

G. Deus nos ama tanto que enviou uma mensagem especial para nos preparar para a segunda vinda de Jesus.

H. A mensagem de Deus para estes últimos dias vai unir os membros da família em amor e unidade.

I. A ênfase principal da mensagem dos três anjos é que a salvação foi fornecida para todos através de Jesus Cristo. Ele nos dá Sua justiça para cobrir nosso passado e para que cresçamos em graça e possamos realmente ser como Ele. Com Ele, não podemos falhar. Sem Ele, não podemos vencer.

Um pensamento adicional

Alguns aspectos da mensagem dos três anjos, que serão explicados nos próximos Guias de Estudo são:

A. A Hora do julgamento de Deus chegou!
B. Saia da Babilônia caída.
C. Não receba a marca da besta.

Muito mais boas notícias lhe serão reveladas quando você em oração estudar estes assuntos nos próximos oito Guias de Estudo. Você ficará surpreso e contente com algumas coisas, e ficará chocado e triste com outras. Alguns pontos podem ser muito difíceis de aceitar. Jesus enviou uma mensagem especial do céu para ajudar e guiar a cada um de nós, pessoalmente, nos últimos dias. Nada pode ser mais importante para ouvir, compreender completamente e seguir.

16. Eu sou grato por saber que Jesus tem uma mensagem tríplice para orientar e ajudar Seu povo nestes últimos dias na terra.